ESCADAS - acróstico

Escadas - acróstico

Eis que eu desço outra vez a escada
Servindo ao conflito entre a casa e a estrada
Calo as palavras com minha dor
Amando em silêncio o meu amor
Doendo com restos da minha dor
Anúncio que vida nova se aproxima
Sem luz, sem amor, sem som e sem rima.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas