Sob tua leveza



Sob tua leveza

Desnudo-me sob tua leveza
Que me perdoa após refletir
E expulsa outra vez minha dor

E retiro-me da minha frieza
Que na dor teima em resistir
Encontrar com o meu teu calor

E eu flutuo nesta tua beleza
Que me faz outra vez desistir
De perder o meu único amor.

Wasil Sacharuk

com amor para Dhenova