patrocinador

Amar desesperadamente - acróstico



Amar desesperadamente - acróstico

Antes que a morte chegue
Morro de medo só de pensar
Acredito que eu tenho sorte
Rimo por tanto te amar

Deita teu rosto em meu peito
Enrolo teus cachos nos dedos
Sentindo o teu rosto perfeito
Espero ouvir teus segredos
Saciar a tua fome de beijos
Pedir outras partes de ti
Ensina a matar teus desejos
Revelo o amor que senti
Abraço o teu corpo e baixinho
Digo o que quero fazer
Arrisco roubar teu carinho
Manias do nosso prazer
Encontra minha mão com a tua
Negue e não deixe entrar
Transforme na rima mais crua
Esta forma louca de te amar.

Wasil Sacharuk