patrocinador

Cidadão

Cidadão

Vou ver bigbrother mamata
Que rola a maior putaria
De puta, viado e rabão

Apago no cinzeiro de prata
A última faísca do dia
Desligo a televisão

E furo uma outra lata
Que a última já está vazia
Daí eu amasso com a mão

Chuveiro,terno e gravata
Cantando uma ave maria
Cheirando a xampu e sabão

E eis que persona non grata
Que espelho não refletiria
Derruba do céu o meu chão

Ah! que lembrança insensata
Da memória pede alforria
Processa a somatização

E jogo o feitiço na mata
Conforme mandou o meu guia
Da outra religião

E quando a pupila dilata
Eu compro na drogaria
Remédio para a hipertensão

Compro mais cerveja e batata
Minha velha visita a tia
E tem jogo da seleção

Que puta vidinha barata
Sou filho da democracia
Governista ideal cidadão.

Wasil Sacharuk